Bem-vindo(a) à Linha Podológica. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Podologia, a ciência da área da saúde humana responsável pela investigação, prevenção, diagnóstico e tratamento dos problemas de saúde do pé e das suas repercussões no corpo humano.

Espero que este blog lhe seja útil!
Este blog foi feito a pensar na saúde e bem-estar dos seus pés. Espero que lhe seja útil! Compostos por 26 ossos, 33 articulações, 20 músculos e mais de 100 ligamentos, os pés são o alicerce de todo o corpo, e é deles que depende o equilíbrio do aparelho locomotor. A saúde e o bem estar dos nossos pés deve ser mais do que uma simples preocupação estética e requer os cuidados especializados de um Podologista.

Pesquisar

 

Artigos

Tags

todas as tags

Domingo, 13 de Janeiro de 2008

Pé diabético e seus cuidados

Falando sobre a Diabetes...
Cuide dos seus Pés 
O açucar elevado – Hiperglicemia – no sangue pode afectar:
1. Os nervos dos Pés - Neuropatia
  • Levando a uma perda lenta da sensação de posição, de pressão, de dor e de temperatura;
  •  Tornando a pele seca, sem transpiração, mais grossa e sujeita ao aparecimento de fissuras;
E assim, pode aparecer uma ferida sem que a pessoa se aperceba, porque não dói.
Andando sobre ela, pode levar a consequências desastrosas.
2. Os vasos que levam o sangue para os pés - Vasculopatia
  • Provocando dor nas pernas ou nos pés durante a marcha;
  • Pés frios, pálidos, com má circulação;
As feridas que aparecem nos pés, sem sensibilidade e com circulação de sangue deficiente – pés diabéticos – infectam facilmente e são difíceis de tratar.
 
E porque nunca é demais lembrar...
Cuidados a ter com os Pés nos pacientes diabéticos
  1. Observe diariamente os seus pés e a planta, o calcanhar e os espaços entre os dedos, para ver se há zonas de cor diferente, bolhas, fissuras, calosidades, inchaço... Se não lhe é possível fazê-lo, por dificuldade na posição, use um espelho e se tem dificuldade de visão peça auxílio a outra pessoa.
  2. Lave os Pés todos os dias, durante 2 ou 3 minutos, usando sabonete neutro e água tépida (verifique sempre a temperatura da água) e não os “ponha de molho”. Seque-os muito bem, em particular nas zonas entre os dedos. Aplique um crème hidratante na planta e no dorso, (não entre os dedos), massajando bem.
  3. Use uma lima de cartão para desgastar as unhas, movimentando-a em linha recta de um lado para o outro.
  4. No verão não use sapatos sem meias.
  5. Use meias de fibras naturais(como a lã ou o algodão) sem costuras e que não apertem nas pernas.
  6. Nunca ande descalço, de forma a evitar lesões ou alterações na pele.
  7. Não aqueça os pés com bolsas de água quente, nem aproxime os pés de aqueçedores, lareiras ou outras fontes de calor.
  8. Antes de calçar os sapatos, verifique com a mão, se não há qualquer objecto dentro deles.
  9. Use sapatos confortáveis, adaptados ao seu pé, de forma que não haja zonas apertadas ou em que se exerça pressão excessiva. Os sapatos fechados protegem mais os pés, quer de “batidas ou topadas” quer de pedras ou areias.
  10. Nos calos não use calicidas nem outros produtos semelhantes.
  11. Nas calosiadades pode usar pedra pomes de forma suave, mas não use limas, lixas ou objectos de corte, que possam irritar a pele.

  12. O cigarro prejudica seriamente a circulação sanguínea.
  13. Consulte um Podologista regularmente de forma a prevenir qualquer tipo de alteração patológica.
Lembre-se que a prevenção é o melhor tratamento, especialmente se é diabético.
 

publicado por Dra. Joana Azevedo às 19:57

link do post | comentar | favorito

11 comentários:
De Sonia Bauer a 11 de Agosto de 2008 às 03:15
Dr. Joana Azevedo, sou podologa e professora de podologia , aqui no Brasil, li sua página na internet e gostaria muito de trocar informações com vc a respeito da podologia e também parabenizar-la pelas informações que nos passa a respeito da podologia .
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Dr. Joana Azevedo, sou podologa e professora de podologia , aqui no Brasil, li sua página na internet e gostaria muito de trocar informações com vc a respeito da podologia e também parabenizar-la pelas informações que nos passa a respeito da podologia . <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Sonia</A> Bauer


De marcelo mattos a 12 de Agosto de 2008 às 00:33
suas orientacoes sao otimas parabens continue assim!!!!!!!!!!!!!!!!


De marcelo mattos a 12 de Agosto de 2008 às 00:34
suas orientacoes sao otimas parabens continue assim!!!!!!!!!!!!!!!!


De Fran a 3 de Novembro de 2008 às 02:39
parabensss
exelente suas explicaçoes!!!!!


De silvio a 10 de Junho de 2009 às 20:56
Gostaria de enviar uma amostra do nosso produto voltado para podologia. Por favor me envie o seu email .

Segue o meu

silvio.cesar@prounha.com.br


De Luciana da Hora Camillo a 16 de Junho de 2009 às 11:18
Seus comentários são excelentes e esclarecedores , com uma linguagem bastante simples.
Mas gostaria de fazer uma perguntada , qdo uma pessoa com Diabetes vai ao podológo , esse profissional deve fazer o exame para saber a taxa de glicose do cliente ?? Por que ?? Seria apenas uma medida de segurança ?

Desde já agradeço .


De Dra. Joana Azevedo a 8 de Julho de 2009 às 16:11
Cara Luciana,

Em Portugal o curso de Podologia é uma licenciatura e os profissionais de saúde licenciados em Podologia chama-se Podológos ou Podiatras.

Quanto á sua questão o paciente diabético deve consultar o Podologista pelo menos de 6 em 6 meses. Para além da observação e tratamento do pé o Podologista deve seguir a história clínica do doente e saber como está o seu estado geral de saúde. Se se trata de um paciente diabético é importante vigiar e saber quais são os níveis de glicose no sangue, hemoglobina glicosada, entre outros. Desta forma o Podologista sabe se o paciente está com boa cicatrização, se alguma ferida que tenha vai evoluir bem ou não, etc.
As análises efectuadas em laboratório garantem um controlo mais rigoroso do que os exames realizados na hora através de picada do dedo.
Contudo o médico de família, endocrinologista ou especialista em medicina interna, são os médicos que devem seguir o paciente diabético e pedir os exames que considere necessários de tempos a tempos.
O podologista actua no pé diabético, na prevenção e tratamento dos problemas do pé.

cumprimentos,

Joana Azevedo


De Gil Braga a 24 de Junho de 2009 às 16:27
Gostaria de saber onde encontrar na região norte do pais, Braga por ex. estabelecimentos com calçado para o pé do diabético.

Desde já agradecido, os meus cumprimentos

Gil Braga


De teca30@sapo-pt a 4 de Agosto de 2009 às 16:39
ola o meu nome é teresa pereira o meu contacto-teresaiturhome@gmail.com,com mto gosto lhe direi o9nde encontrar todo o conforto necessario para os seus pés. trabaqlho numa empresa certificada a nivel nacional uma das unicas em que se baseia fundamentalmente a fazer calçado por medida ortopedico,semi ortopedico. ficarei a espera de um contacto seu.


De Rita a 11 de Julho de 2010 às 22:13
http://www.apdp.pt/folhetos/folheto7.pdf


De paty! a 29 de Julho de 2011 às 10:58
parabens por suas informaçoes estou fazendo curso de podologia e seuas informaçoes foram de fundamental importancia!

GOSTARIA DE SABER SI O PODOLOGO EM SUA FUNÇAO DEVE FAZER O TESTE DE GLICEMIA NO PACIENTE DIABETICO ANTES DE QUALQUER PROCEDIMENTO ???


GRATO.


Comentar post

Novembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


Ligações

blogs SAPO

subscrever feeds