Bem-vindo(a) à Linha Podológica. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Podologia, a ciência da área da saúde humana responsável pela investigação, prevenção, diagnóstico e tratamento dos problemas de saúde do pé e das suas repercussões no corpo humano.

Espero que este blog lhe seja útil!
Este blog foi feito a pensar na saúde e bem-estar dos seus pés. Espero que lhe seja útil! Compostos por 26 ossos, 33 articulações, 20 músculos e mais de 100 ligamentos, os pés são o alicerce de todo o corpo, e é deles que depende o equilíbrio do aparelho locomotor. A saúde e o bem estar dos nossos pés deve ser mais do que uma simples preocupação estética e requer os cuidados especializados de um Podologista.

Pesquisar

 

Artigos

Tags

todas as tags

Terça-feira, 16 de Outubro de 2007

Pé de Atleta

 
            Estima-se que cerca de 21% da população adulta possa ser afectada por pé de atleta.
O nome ‘pé de atleta’ deve-se à localização interdigital, uma vez que esta forma de dermatomicose afecta mais frequentemente os desportistas. Contudo o pé de atleta afecta a população em geral, sendo mais frequente nos homens do que nas mulheres.
 
Como se ‘apanha’ pé de atleta
 
O nosso corpo é capaz de resistir a infecções fúngicas, mas ocasionalmente quando as condições são propícias os fungos desenvolvem-se e atacam a nossa pele, originando o pé de atleta.
É mais frequente o contágio em locais como piscinas e balneários públicos, ou através do uso de toalhas mal lavadas ou contaminadas. O ambiente quente, húmido, fechado e escuro que algum calçado proporciona é favorável ao desenvolvimento dos fungos, (como é o caso de sapatilhas ou ténis de desporto) que facilmente penetram na nossa pele.
 
Sinais e sintomas do pé de atleta
 
De entre os principais sintomas do pé de atleta destacam-se:
Prurido (comichão),
Dor,
Maceração, descamação e gretas interdigitais,
Descamação, secura e ou fissuras nos bordos laterais dos pés,
Inflamação e rubor da pele.
 
Se a pele não for tratada pode continuar a abrir fissuras e gretas, podendo levar a um grande desconforto e dor bem como proporcionar um cheiro desagradável.
Uma das complicações mais frequentes do pé de atleta é o contágio do fungo nas unhas, que pode ocorrer se o problema não for tratado. Esta alteração nas unhas chama-se onicomicose e leva à alteração da cor, trajecto, espessura e formato da unha. Nestas situações deve ser tratada por um podologista.
 
 
Como prevenir o Pé de Atleta?
 
Existem hábitos que devem fazer parte do nosso dia a dia para prevenir o aparecimento das micoses:
·        Lave os pés todos os dias, com água e sabão neutro;
·        Seque cuidadosamente os pés e os espaços entre os dedos, sem esfregar ou irritar a pele;
·        Observe diariamente os pés para detectar precocemente alguma alteração da pele e unhas;
·        Troque de meias todos os dias;
·        Use meias de algodão ou outras fibras naturais, q ajudam os pés a respirar e a manterem-se frescos.
·        Alterne os sapatos, para que estejam bem secos e arejados quando os calçar novamente;
·        Use sapatos confortáveis e de fibras naturais;
·        Não partilhe toalhas, meias ou sapatos de outras pessoas;
·        Nunca ande descalço em piscinas, balneários ou locais públicos;
·        Se transpira muito dos pés, use um pó que controle a transpiração, este poderá ser aconselhado pelo seu podologista, especificamente para o seu caso.
·        Observe os seus pés regularmente e trate o pé de atleta precocemente para evitar a sua expansão.
 
 
Como tratar o Pé de Atleta
 
Para prevenir e evitar ter Pé de Atleta é importante seguir os conselhos de prevenção e fazer com que se tornem hábitosdo dia a dia.
Se observa algum dos sinais ou sintomas apresentados, provavelmente tem Pé de Atleta e deve tratá-lo rapidamente. Para isso deve consultar um podologista que lhe indicará qual o melhor tratamento a seguir.

publicado por Dra. Joana Azevedo às 12:12

link do post | favorito

De selima franco a 8 de Julho de 2010 às 15:46
Boa tarde Doutora
Tenho micoses das unhas e do pé, durante as estações quentes do ano rebenta ainda com mais força receitaram-me o canastene para o pé e para as unhas estou a colocar um verniz á cerca de 8 meses. As unhas estão um pouco melhores, o pé é aflitivo porque um dia está melhor, mas logo a seguir fica pior. JÁ não sei que fazer, tento mudar de calçado mas parece que todo ele me provoca ainda mais micose .
Agradecia que me aconselhasse, porque também neste momento não tenho possibilidades de ir a uma consulta da especialidade.


De Dra. Joana Azevedo a 9 de Janeiro de 2011 às 17:25
Cara Selima,

Percebo a sua preocupação, mas não me é possível aconselhar um tratamento sem observação clínica do pé.

Quanto ao clotrimazol (canesten), na minha opinião não é o antifungico de eleição para o tratamento das micoses, por ser de venda livre é muito utilizado, mas pela minha experiência, não é dos mais eficazes.

Além da recomendação do tratamento farmacológico, o Podologista realizará o tratamento local adequado. Que passa pela higiene das unhas e pele (tratamento semelhante ao da higiene oral).

Cumprimentos
Joana Azevedo
Podologista


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Dra. Joana Azevedo
Podologista
Licenciada pela Escola Superior de Saúde do Vale do Ave. Especialização no New York College of Podiatric Medicine (NYCPM). Exerce actividade clínica desde 2003 com cédula profissional nº 128 da Associação Portuguesa de Podologia. Membro fundador do Núcleo de Podologia da ESSVA. Podologista do canal Sapo Saúde desde 2005. Actualmente tem consultórios no Estoril.

logo new york college of podiatric medicine-1
Consultórios:

Clínica Parque do Estoril - Grupo Cordeiro Saúde
Tel. 219236381
Av. Aida, 153 Lj - 2765-187 Estoril
(em frente ao jardim do casino, a 50m da estação da CP do Estoril)



Abril 2022

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
27
28
29
30


Vídeos

Ligações

blogs SAPO

subscrever feeds